Mosteiro Trapista - Nossa Senhora do Novo Mundo
 
Menu
 
 

Untitled Document

A Tradição do Deserto

Introdução:

     Os monges seguem as pegadas daqueles que, nos séculos passados, foram chamados por Deus à milícia espiritual no deserto. Como cidadãos do céu, tornam-se estranhos às coisas do mundo. Na solidão e no silêncio suspiram por aquela paz interior que gera a sabedoria. Renunciam-se a si mesmos a fim de seguirem o Cristo. Pela humildade e obediência lutam contra a soberba e a rebelião do pecado, e na simplicidade e no trabalho buscam aquela bem-aventurança prometida aos pobres. Com alegre hospitalidade, partilham com seus companheiros de peregrinação a paz que emana de Cristo. (Constituições OCSO, C. 3)

     No século IV da era cristã os desertos da Síria e Egito viram afluir em grande número homens como Santo Antão e São Pacômio que, respondendo ao chamado de Cristo, deixaram a vida do mundo para se dedicarem a uma vida com Deus no deserto e na solidão, ali fundando os primeiros mosteiros da história cristã. Estes monges se tornaram conhecidos como os padres (ou pais) do deserto. Surgia, assim, uma nova sociedade à margem da antiga; comunidades de ascetas que, com o nome de lauras, sketes, coenobia, se tornariam, na solidão do deserto, o modelo da cidade vindoura, a Jerusalém Celeste.

Aspectos fundamentais:
- A primazia do Amor
     Abba Lot foi ao encontro de Abba José e disse: “Pai, conforme minha capacidade, sigo minhas normas, meus jejuns, minha oração e silêncio contemplativo; e, conforme minha capacidade, luto para limpar os pensamentos de meu coração. Agora, o que mais devo fazer?” O ancião levantou-se, ergueu os braços ao céu e seus dedos pareciam dez chamas acesas. Ele disse: “Porque não se transforma completamente em fogo?”

- Ouvir e praticar a Escritura
     Um dos monges, chamado Serapião, vendeu seu livro do Evangelho e deu o dinheiro àqueles que tinham fome. “Vendi o livro que me instruiu a vender tudo o que eu tinha para dar aos pobres”, disse ele.

- Pureza de Coração
Abba Pastor disse: “Um homem deve respirar humildade e temor de Deus assim como se inspira e expira o ar sem cessar”.

- Retirar-se do Mundo
     O Abade Arsênio rezou ao Senhor, pedindo: “Senhor, conduza-me à salvação”.  Então, uma voz lhe disse: “Arsênio, foge, cala-te, entra na paz (hesyquia). Faça isso e será salvo”.